Pular para o conteúdo

Um sapato boneca vermelho

08/05/2014

Sobre as incorporações “tarsila 23” e “botero 58” de Carlos Monroy
Texto publicado na dissertação de mestrado “Pensamento em Re-formance (imitações, pastiches, picaretagens e outros truques do artista” de Carlos Monroy defendida na ECA-USP.

Há um tempo atrás, conheci um rapaz que vestia uma camiseta em que estava escrito “Artista”. Muitos camadas de roupas vestiam esse tal “artista”. Ele era assim tão gordinho que me recordava Botero. Em um primeiro momento fiquei confusa pois, de relance, parecia que ele havia desenhado a assinatura de Botero em seu cabelo.
sapato-vermelho

Este rapaz me convidou para trocarmos de sapatos. Ele experimentou um sapato boneca vermelho com um grande laço. Eu usei um tênis de um tamanho três números a mais que o meu. Enquanto passeávamos pela cidade, pensava no desconforto de usar algo que já havia caminhado por trilhas desconhecidas. Ao mesmo tempo, eu procurava similitudes que me ajudassem a encontrar algo já percebido anteriormente.

Algumas semanas depois, eu o encontrei novamente. Desta vez, os seus grandes brincos me faziam lembrar de Tarsila. O “artista” me disse que estava colecionando esses brincos. E, se eu lhe desse outros, eu ganharia um desenho. Mesmo assim, eu nunca soube seu nome…picaretagem de artista…Com o passar dos anos, além das lembranças, só me restou uma foto daquele dia em que trocamos os sapatos.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: